NOTÍCIA

A Turquia: O país de contrastes!

2019-04-17
Famalowcost
Famalowcost
google

A Turquia é um grande país de contrastes, com muito para ver, visitar e sentir. No entanto, caso não tenha muitos dias, o nosso conselho é que que vire as atenções para a cosmopolita Istambul e para a pitoresca Capadocia. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, Istambul não é a capital do país, estatuto que pertence a Ancara. Esse erro habitual deve-se ao facto de Istambul ser a maior, mais conhecida e internacional cidade da Turquia. Sendo sem dúvida o centro económico e cultural do país.

Capadocia também leva ao engano alguns visitantes. Isto porque não estamos em presença de uma cidade, mas sim de uma região formada por algumas cidades e vilas no centro da Turquia. É famosa essencialmente pelas suas formações geológicas únicas e pelos voos de balão.

A cidade entre dois continentes
Istambul, em cuja área metropolitana vivem cerca de 14 milhões de pessoas, é a única cidade do mundo que está localizada em dois continentes diferentes. A divisão da cidade dá-se pelo estreito de Bósforo, com a parte ocidental no continente europeu e a parte leste na Ásia. Grande parte da população de Istambul mora no lado asiático, mas trabalha na região europeia. A sua moeda é a lira turca e Istambul destaca-se por ser uma cidade barata, quando comparada por exemplo com Londres, Paris ou as capitais da Escandinávia. Em quatro dias, é possível visitar as mais conhecidas atrações da cidade.

O centro histórico
Poderá começar pelo distrito histórico de Sultanahmet, a parte mais antiga da cidade e onde era o coração da antiga Constantinopla. É nesta zona que estão muitos dos mais importantes monumentos e atrações turísticas. Nomeadamente a Basílica de Santa Sofia, que chegou a ser a maior igreja do Império Bizantino, tendo sido transformada em Mesquita pelos Otomandos. Hoje em dia, alberga um grande museu. Quase ao lado está a Cisterna da Basílica, que antigamente armazenava a água que abastecia do Grande Palácio e edifícios próximos.

Do outro lado da Praça Sultanahmet encontramos a Mesquita Azul, cujo nome se deve ao facto de ser coberta por mais de 20 mil azulejos daquela cor. Visita incontornável é o Palácio Topkapi, que no passado foi residência dos sultões e atualmente é um enorme museu que expõe objetos como joias do tesouro imperial, fardas oficiais, carruagens e armas. No exterior do Palácio Topkapi existe um belo jardim. Ali ao lado ficam os Museus Arqueológicos de Istambul, um complexo que alberga o Museu Arqueológico, o Museu de Antiguidades Orientais e o Museu do Quiosque Esmaltado.

Compras e cruzeiro no Bósforo
O Grande Bazar é possivelmente a mais conhecida atração de Istambul. A área coberta onde se encontra este mercado tem 45.000 metros quadrados e nele trabalham cerca de 20 mil pessoas. Por dia entre 300 mil a 500 mil pessoas visitam este enorme espaço, que conta com quase quatro mil lojas distribuídas por 64 ruas. Tudo que procura está no Grande Bazar, seja artesanato, roupa, joias ou comida.

Um passeio pelo bairro Eminönü, nas margens do Corno de Ouro, é sempre um bom programa. Aqui pode visitar o Bazar de Especiarias, também conhecido como Bazar Egípcio, uma versão mais pequena do Grande Bazar. É conhecido pela venda de todo o tipo de temperos, condimentos e doces turcos. No bairro Eminönü, dirija-se à Ponte de Gálata e apanhe um barco para fazer um cruzeiro pelo Bósforo. Aconselhamos a que chegue com pelo menos meia-hora de antecedência para comprar o ingresso e conseguir um bom lugar.

Os pratos típicos
O kebab é rei em Istambul e as suas ruas estão sempre cheias de quisques que vendem esta iguaria. Se tivesse de escolher apenas três pratos tradicionais turcos aconselhamos os seguintes: Testi Kebab, uma espécie de refogado de carne servido num recipiente de cerâmica; frango com mel e lüfer o peixe azul do Bósforo.

Capadocia está a pouco mais de uma hora de avião
A melhor forma de seguir de Istambul para Capadocia é de avião, isto porque a viagem de carro demora muitas horas, em face da distância de 800 km. A Turkish Airlines disponibiliza voos para os dois aeroportos da região da Capadócia: Nevsehir-Kapadokya e Kayseri Erkilet. Outra alternativa é utilizar a Pegasus Airlines, uma companhia aérea low-cost turca. Qualquer que seja a sua preferência, a viagem dura apenas cerca de uma hora e um quarto.

Primeiro que tudo, deve estar ciente de que não irá conseguir mover-se em Capadocia de transportes públicos. Tem três alternativas: alugar um carro, contratar um guia particular com transporte ou contratar excursões locais dia a dia. Não faltando opções de empresas que fazem este trabalho.

Os famosos passeios de balão
A atividade mais famosa em Capadocia são os passeios de balão. Mas prepare-se, pois as empresas da zona aproveitam para se “esticar” nos preços. 100 euros por pessoa é o valor mínimo que irá conseguir (nesse caso o serviço só dura 45 minutos). E aconselhamos a que já tenha marcada a viagem de balão antes de chegar a Capadocia, tal é a procura.

O voo dura em média uma hora, mas antes pode assistir à preparação de enchimento do balão, enquanto lhe é oferecido um pequeno lanche. Cada cesta tem capacidade para um número entre 12 e 16 pessoas.

O voo é bastante tranquilo e no início quase nem dá para perceber que o balão saiu do chão. Durante a viagem, terá paisagens fabulosas das formas geológicas em terra. Quando voltam a pisar o solo, os participantes ganham um certificado de voo e brindam a experiência com champanhe.

As formações geológicas únicas
As formações geológicas surreais da Capadócia são o principal motivo de interesse de quem visita a região. São o resultado de duas forças opostas: a atividade natural e vulcânica no estágio de construção e a erosão no estágio de destruição. O vento, o clima, as forças que rompem as rochas, a chuva e os rios são os agentes de erosão que deram a Capadócia as suas formações características incomuns. O clima da região, caracterizado por mudanças drásticas de temperatura, chuvas densas e o derretimento das neves na primavera, desempenham um papel decisivo na formação da paisagem da Capadócia.

As mais importantes fontes de erosão, contudo, são as chuvas e os rios. Chuvas fortes transformaram a superfície lisa do planalto em um padrão complexo de valas que acompanham as fissuras preexistentes das rochas.

Gastromomia
Em todos os restaurantes de Capadocia é possível encontrar o Pide, o pão turco, sempre quente. Muitos dos pratos típicos são de carne de cordeiro e, claro, tal como em Istambul, não faltam quiosques que vendem kebab. O prato mais famoso da Capadócia é o Pottery Kebab, que são legumes e carne preparados num pote de barro.

Partners

2019 Copyright © Famalowcost.com | RNAVT Nº 3831

Code & Design Webhouse.pt