NOTÍCIA

Croácia

2017-10-17
Já fez as malas
Nataly Lima

CAPITAL: Zagreb

 

PONTOS DE INTERESSE: Dubrovnik | Parque nacional dos lagos de Plitvice

 

MOEDA: KUNA (HRK)

 

VACINAS: Sugere-se que os nacionais portugueses que queiram visitar a Croácia solicitem e obtenham o respectivo Cartão Europeu de Seguro de doença (CESD), aceite neste País. Através deste cartão terá direito a utilizar os mesmos serviços públicos de cuidados de saúde, nas mesmas condições e com os mesmos custos que os cidadãos croatas.

 

VISTO: Pode entrar e permanecer na Croácia até um período máximo de três meses, sem visto, mediante a apresentação de cartão de cidadão válido. O passaporte é naturalmente aceite mas não é obrigatório para viajar para e na Croácia. A passagem no posto fronteiriço bósnio de Neum com direção a Dubrovnik, pode ser feita igualmente mediante a apresentação de cartão de cidadão válido.

A Croácia começou a se destacar nos últimos anos especialmente por ter sido palco de gravações de produções como Game of Thrones. O resultado foi positivo não só para o país, mas também para todos que voltaram seus olhos para um dos lugares mais paradisíacos e ainda com preço acessível que você pode conhecer.

 

Pontos Turísticos da Croácia

Croácia é o país que fica localizado mais a leste da Europa, fazendo fronteira com a Eslovênia, Hungria, Sérvia e Bósnia e Hezergovina.

A Croácia fez parte da antiga Jugoslávia. Em 1941 foi invadida pela Alemanha nazista e só se tornou independente em 25 de junho de 1991, estando em guerra deste ano até 1995. Mais recentemente, em 1 de julho de 2013, a Croácia passou a fazer parte da União Europeia e  encontra-se em processo de crescimento.

O Turismo na Croácia é uma das rodas da economia do país, já que a indústria ainda é pouco forte. Dentre as cidades mais conhecidas do país estão Zagreb, Split, Rijeka, Osijek, Karlovac.

 

Zagreb 

A capital da Croácia é Zagreb, com cerca dos 800 mil dentre os 4 milhões de habitantes do país. É o centro econômico e também universitário do país, cidade da cultura, arte e entretenimento. Formada por Kaptol e Gradec, que juntas são a velha cidade alta.

Quem vai a Zagreb também pode fazer um passeio no elétrico azul e também uma volta pela rua mais comprida da cidade, Ilica. Ir de teleférico até a cidade alta e visitar torre de Lotrš?ak, a Igreja de São Marcos, Kamenita vrata, museus e galerias. A cidade é verdejante, localizada ao pé da montanha Medvednica, que no inverno é local de corridas de ski. Existe um clube de regata no lago Jarun e a cidade também hospeda o torneio de tênis Zagreb Indoors. Por esses e outros motivos Zagreb é considerada um polo do desporto.

 

Dubrovnik

Dubrovnik apesar de pequenina em comparação as demais, Dubrovnik é uma cidade milenar que merece destaque pela beleza das suas muralhas de mais de 1.940 metros de extensão, preservadas em sua forma original. A cidade fica localizada no sul da Croácia e é um museu vivo que conecta o seu passado histórico com a modernidade. Por ser um polo rico em história é patrimônio da UNESCO desde 1979. A sua arquitetura preserva o gótico, renascentista e barroco das igrejas, mosteiros e fontes.

Além dos monumentos históricos Dubrovnik é muito interessante para quem quer conhecer a cultura da Croácia e também os festivais locais. Por ser uma cidade tranquila, a cidade é prefeita também para quem busca tranquilidade durante a viagem. Existem boas conexões via avião para a cidade especialmente para voos com conexões na Bélgica, Itália, Alemanha, Londres e Barcelona.

A cidade fica ao pé do monte Sr?, a 600 km da capital Zagreb, cerca de 6h de carro.

 

Pula

A cidade de Pula tem mais de 3 mil anos e fica localizada no sul da península de Istria. A cidade é referência pelas belas praias ao longo de suas quase cem milhas de litoral. Quem vai a Pula acaba por ouvir mitos sobre Argonauts, romanos e venezianos da época do império Austro-Húngaro. A cidade é rica em história. Os prédios e monumentos são extremamente preservados. O arco do Sergi, o Templo de Augusto e a porta de Hércules são de passagem obrigatória.

A cidade possui ótimos restaurantes um Coliseu, assim como em Itália. Lá acontecem muitos dos concertos e eventos que o país recebe. O mais famoso é o Festival Internacional de Cinema, realizado ao ar livre.

Em Pula fica o Parque Nacional Brijuni, um património natural da Istria. Com as suas catorze ilhas de beleza excepcional, Pula conta ainda com um safari park, vilas romanas e fortes Brijuni.

 

Split

Com 193 mil habitantes, a cidade de Split representa a juventude. Ela fica localizada na região mais quente da costa mediterrânea, no centro da costa Adriática. O Palácio Diocleciano fica logo no centro histórico da cidade, patrimônio mundial da UNESCO. A Catedral de sv. Dujam, santo padroeiro de Split, está localizada no mausoléu do Imperador Diocleciano e atrai muitos fiéis e turistas. Split é núcleo do barroco, com ruas de pedra e edifícios antigos, muitas igrejas, uma catedral, lojas modernas, cafés e restaurantes.

Quem vai a Split também pode encontrar mais tranquilidade perto da colina Marjan para uma caminhada pela floresta. Split fica a 409 km da capital Zagreb, a cerca de 4h de carro.

 

Rijeka

Rijeka, um dos maiores portos da Europa Central, possui 144 mil habitantes e é um dos polos estudantis da Croácia. Quem vai visitar a cidade não pode deixar de andar pelas praças centrais, Korzo, visitar a Cidade Velha, o Santuário a Majka Bozja (Maria, mãe de Deus) em Trsat, e também passear na região dos palácios Wohinz, Adria ou na Catedral de sv. Vid.

A cidade é conhecida pelos seus festivais de verão e também pelo carnaval, um dos cinco maiores do mundo. A festa é uma combinação de tradições eslavas e tradições urbanas, semelhante ao que acontece em Veneza. Quem gosta de barcos deve experimentar dar uma volta no Fiumanka, um estilo aberto de regata.

Durante à noite em Rijeka é possível visitar ir tanto ao teatro, jantar em restaurantes típicos como sair em discotecas. Rijeka fica a cerca de 166 km de distância da capital Zagreb. De carro, a viagem dura cerca de 1h50.

 

Praias na Croácia

A Croácia é agraciada com uma costa de 5.835 quilômetros. Enquanto você espera nós falarmos de cada uma delas, veja no site do Ministério do Turismo da Croácia

 

Ilhas na Croácia

A Croácia é banhada pelo mar Adriático e é formada por mais de 1.000 ilhas, sendo a Palagruža a mais próxima da Itália e apenas 50 delas são populadas. A maior ilha da Croácia é Krk, com 462 quilômetros quadrados, localizada próxima da cidade de Rijeka. Hvar é a mais ensolarada e uma das mais procuradas. Brac, Korcula e Pag também podem ser destacadas.

 

Lagos na Croácia

Assim como praias, a Croácia tem lagos belíssimos. Os Lagos de Plitvice são dos mais famosos e ficam em um dos parques nacionais do país, com mais de 20000 hectares. É um patrimônio da UNESCO desde 1949

O bilhete para a entrada varia da estação do ano e também se há alguma condição que confere um preço especial, como é o caso dos estudantes que pagam de 45,00 Kunas (6 euros) a 110,00 Kunas (13 euros). Já um adulto tem que desembolsar de 55,00 Kunas (7 euros) a 180,00 Kunas (24 euros) para visitar o local por um dia.

Compre o bilhete para visitar o Parque Nacional aqui.

 

Gastronomia

A culinária croata é regada de frutos do mar, vegetais e de vinhos, para acompanhar. Veja dicas do que comer na Croácia:

Dalmatia | Split: experimente o famoso guisado dalmatinska pašticada, um prato que leva dois dias para ser preparado. Não deixe de provar também os bolos salgados Viška, Forska e Komiška, que vão bem com uma taça de vinho de Vugava ou de Plan?i?, da ilha de Hvar. Nas regiões de Cetina e Sinj, além do guisado de caranguejos, as linguiças “luganige” ou arambaši?, de Sinj, podem ser bem-vindas. São pequenos rolos de repolho recheados com carne de carneiro.

Dalmatia | Zadar: como aperitivo peça um licor Maraschino, feito de cerejas. Aproveite para degustar o queijo Pag, o queijo mais conhecido na Croácia feito das de pequenas ovelhas que se alimentam de ervas aromáticas do Mediterrâneo. De prato principal pode seguir a sugestão: peça um “brodet”, mais um guisado, este feito de com uma mistura de peixes e caranguejos. Como uma alternativa ao peixe, você pode escolher um “Ninski šokol”, feito de uma parte do pescoço do porco embebido em vinho vermelho Benkov.

Dalmatia | Dubrovnik: aqui é lugar para experimentar ostras e mexilhões Ston, consideradas as melhores do mar adriático. Além do cordeiro e da vitela cozidos em brasa, há também a enguia e o sapo do vale de Neretva. Quem passa por Dubrovinik tem que experimentar os doces Rožata e Kotonjata e por que não acompanhado de bons vinhos como Dinga? e Postup de Pelješac ou Posip e Grk de Kor?ula.

Istria: nesta região pode experimentar um aperitivo de visco ou água ardente seguido por queijo e presunto acompanhado por uma sopa de Istria. Durante a primavera é possível pedir ovos mexidos a partir de espargos também. Ali é possível pedir um dentre muitos pratos de frutos do mar. De sobremesa experimente algo como kroštule, krafi ou bolos fritule.

A Croácia é conhecida pela quantidade de dias ensolarados que tem no ano, com cerca de 2600 horas de sol distribuídos em 365 dias, especialmente na ilha Hvar. O clima no país é mediterrâneo, o que significa verão bastante quente. No interior do país o verão é tão quente quanto o inverno frio e com muita neve.

Língua

Na Croácia se fala croata, uma língua com alfabeto latim, que conta com algumas variações do nosso alfabeto. Além de não ter as letras q, w, x, e y são adicionadas ?, ?, dž, ?, lj, nj, š e ž. Abaixo você encontra algumas frases básicas no idioma.

Bom dia – Dobro jutro (dobroiútro)

Boa tarde (muito utilizado) – Dobar dan (dobardãn)

Boa noite – Dobra vecer (dobroviêtier)

Oi! (informal) – Bok! (bok)

Tchau – Dovidenja (dovidiênia)

Sim – Da

Não – Ne

Obrigado(a) – Hvala (ruála)

Por favor – Molim

Partners

2018 Copyright © Famalowcost.com | RNAVT Nº 3831

Code & Design Webhouse.pt